15 de maio

Era uma vez uma aldeia onde viviam dois homens que tinham o mesmo nome: Joaquim Gonçalves.Um era sacerdote e o outro taxista. Quis o destino que morressem no mesmo dia.
Quando chegaram ao céu, São Pedro esperava-os.

— O teu nome?

— Joaquim Gonçalves.

— És o sacerdote?

— Não, o taxista.
São Pedro consulta as suas notas e diz:

— Bom, ganhaste o paraíso. Levas esta túnica com fios de ouro e este ceptro
de platina com incrustações de rubis. Podes entrar.

— O teu nome?

— Joaquim Gonçalves.

— És o sacerdote?

— Sim, sou eu mesmo.


— Muito bem, meu filho, ganhaste o paraíso. Levas esta bata de linho e este cetro de ferro.
O sacerdote diz:


— Desculpe, mas deve haver engano. Eu sou o Joaquim Gonçalves, o sacerdote!


— Sim, meu filho, ganhaste o paraíso. Levas esta bata de linho e…


— Não pode ser! Eu conheço o outro senhor. Era taxista, vivia na minha aldeia e era um desastre! Subia os passeios, batia com o carro todos os dias, conduzia pessimamente e assustava as pessoas. Nunca mudou, apesar das multas e repreensões policiais. E quanto a mim, passei 75 anos pregando todos os domingos na paróquia. Como é que ele recebe a túnica com fios de ouro e eu… Isto?


— Não é nenhum engano – diz São Pedro. – Aqui no céu, estamos a fazer uma gestão mais profissional, como a que vocês fazem lá na Terra.


— Não entendo!


— Eu explico. Agora orientamo-nos por objetivos. É assim: durante os últimos anos, cada vez que tu pregavas, as pessoas dormiam. E cada vez que ele conduzia o táxi, as pessoas começavam a rezar. Resultados! Percebeste? Gestão por Objetivos! O que interessa são os resultados, a forma de lá chegar é completamente secundária…!


Largado por Zoto | Largados Comentaram ( 2 )

                                          

11 de maio

E havia aquela moca “rodada” (50.000 km no minimo) que havia arranjado um noivo rico, mas que exigia que ela fosse virgem.
A moca, que não era boba nem nada, foi falar com a MAMA, que alem da quilometragem era bem mais experiente:

— Mae, que eque eu faco? Daqui a alguns dias eu vou me casar e ai ele vai descobrir que não sou virgem porra nenhuma!
Resposta da Mae:

OPCAO 1 – – Ah filhinha, larga de ser boba! Um pouco antes do intercurso (!) você fala que vai tomar banho, dissolve uma “pedra-ume” em um copo dagua e lava a vagina por dentro e por fora com essa agua. O efeito adstringente da pedra vai fazer voce ficar apertadinha e ele nem vai notar!! Na famigerada noite de nupcias, a moca entra no quarto e pede um copo dagua na portaria. O copo chega e ela, enquanto o marido tomava banho, dissolve a pedra tal qual a mae havia recomendado, deixando o copo sobre o criado mudo ao lado da cama. O marido sai do banheiro e ela, toda languida, avisa que so vai tomar um banho e que ja volta… Ela toma o banho e quando vai passar a solucao, percebe que esqueceu o copo sobre o criado mudo. Na maior naturalidade, e la sai do banheiro, mas não ve o copo sobre o criado mudo. Calmamente, se vira e pergunta ao marido:

— Meu bem, você não viu um copo d`agua que estava sobre o criado mudo??? Ao que o marido afastando o jornal de sobre o rosto responde: -Biiibiii… (com aquele biquinho de Tonia Carrero falando BUEETNER…)

OPCAO 2 – – Ah filhinha, larga de ser boba! Na hora em que le penetrar (!) em você você solta um PUM (peido, aos desavisados!)! Aiele vai perguntar o que aconteceu e voce diz que foi o himem que se rompeu! Na famigerada noite de nupcias, apos as preliminares, o moco se coloca na posicao do missionario e CRAU... e a moca PUM! E o moco, todo intrigado, pergunta: Noivo: - Nossa meu bem, o que foi isso? Noiva: - A querido, foi meu himem que se rompeu... Noivo: - Ih, meu bem, entao devia estar podre, pois esta fedendo tanto…

OPCAO 3 – – Ah filhinha, larga de ser boba! Um pouco antes do intercurso (!!) você introduz uma fatia de queijo parmesao na vagina! Dada a dificuldade da penetracao (!!) ele vai te perguntar o que esta` havendo e você diz a ele que e por causa do seu himem…
Na famigerada noite de nupcias o noivo, “secao” cai de lingua antes da penetracao. Com a cara no meio das pernas da moca, topa com “aquilo” enfiado dentro da vagina dela. Espantado. pergunta:

— Mas o que e` isto aqui??!!
Ao que a noiva, desesperada responde:

— Ora meu bem, eo meu himem!! Você nunca viu um??? Ao que ele responde: - Ja, mas com o carimbo do S.I.F. e` a primeira vez!… Obs.:

S.I.F. = Servico de Inspecao Federal.


Largado por Zoto | Largados Comentaram ( 4 )

                                          

5 de maio

o final do dia, reunido no boteco com amigos, Cumpadi levanta seu copo de cerveja e brinda:

– Gosto tanto de sexo que eu quero passar o resto da minha vida entre as pernas da minha esposa!

Isto lhe rendeu o prêmio máximo no boteco para o melhor brinde da noite!

Voltou para casa e disse à sua esposa: 

– Maria, eu ganhei o prêmio para o “Melhor Brinde da Noite”!

– Parabéns! E qual foi o brinde?!

Sem coragem de contar a verdade, ele falou:

– Eu brindei: “Quero passar o resto da minha vida na igreja, sentado ao lado da minha mulher”.

– Puxa, isso foi realmente muito bonito!

No dia seguinte, Maria encontrou um dos amigos de Cumpadi, que riu furtivamente e disse:

– Sabe, dona Maria, que o Cumpadi ontem ganhou o prêmio de melhor brinde da noite? E o brinde foi sobre você…

– Sim, ele me contou, fiquei surpresa, pois ele não é muito chegado no assunto. Desde que casamos ele só esteve lá uma vez… Ele custa pra entrar, entra meio contrariado, e a última vez caiu no sono antes da bênção final.

(acabou-se a reputação do Cumpadi…)


Largado por Zoto | Largados Comentaram ( 2 )

                                          

4 de maio

Um fazendeiro comprou um estupendo espécime de cavalo montês; apesar de ter pago uma fortuna, depois de um mês o cavalo ficou doente. 
Então o fazendeiro desesperado chamou o veterinário. 
“O cavalo tem um vírus e ele deve tomar esses remédios por 3 dias; depois do terceiro dia eu vou checar: se ele não se recuperar, nós teremos que sacrifica-lo.” 
O porco nas proximidades ouviu toda a conversa. 
Após o primeiro dia de medicação tudo estava como antes. O porco aproximou-se do cavalo e disse: 
” Vamos , cara, levante-se!” 
O segundo dia a mesma coisa, mas o cavalo não reagiu. 
“Venha amigo, levante-se, senão você terá que morrer!” o porco avisou-o. 
Também no terceiro dia deram-lhe os medicamentos mas … nada!
O veterinário chegou e disse ao fazendeiro: 
“Infelizmente não temos escolha, os remédios não foram suficientes: devemos incinerar porque tem um vírus muito sério e pode infectar os outros cavalos!” 
O porco ouviu, correu para o cavalo para avisá-lo: 
“Coragem velho, o veterinário chegou, é agora, ou nunca nunca mais! Levante-se agora, vamos lá!” 
Imediatamente o cavalo deu uma partida, levantou-se e começou a correr. 
“Milagre! Nós temos que comemorar !!” gritou o criador 
“Vamos dar uma festa! Vamos matar o porco imediatamente!” 

Moral da história … Sempre cuida dos seus próprios negócios !!

Leia mais

Largado por Zoto | 1 largado comentou

                                          

2 de maio

Confusão no velório!

Eram dois pescadores gémeos.

Um casado e o outro solteiro.

O solteiro tinha uma lancha de pesca já velha.

Um dia, a mulher do casado morre.

E como uma desgraça nunca vem só, a lancha do irmão solteiro afunda-se no mesmo dia.

Uma senhora, dessas velhotas curiosas e alcoviteiras, soube da morte da Mulher e resolve dar os pêsames ao viúvo,

mas confunde os irmãos e acaba por se dirigir ao irmão que perdeu a lancha.

— Eu só soube agora. Que perda enorme. Deve ser terrível para si.

O solteiro, sem entender bem, explicou:

— Pois é. Eu estou arrasado. Mas é preciso ser forte e enfrentar a realidade. De qualquer modo, ela já estava muito velha.

Tinha a parte de trás toda rebentada, deitava um cheiro horrível a peixe e vazava água como nunca vi.

Tinha uma grande racha na frente e um buraco atrás que, cada vez que eu a usava, ficava maior.

Mas eu acho que o que ela não aguentou, foi mesmo eu empresta-la a quatro amigos que se divertiam com ela.

Eu sempre lhes disse para eles irem com calma, mas desta vez foram os quatro juntos e isso foi demais para ela…Foi Fatal.

A velhinha desmaiou.


Largado por Zoto | Largados Comentaram ( 3 )

                                          

30 de abril

Quando tinha 14 anos, esperava ter uma namorada algum dia.

Quando tinha 16 anos tive uma namorada, mas não tinha paixão. Então
percebi que precisava de uma mulher apaixonada, com vontade de viver.

Na faculdade saí com uma mulher apaixonada, mas era emocional demais.
Tudo era terrível, era a rainha dos problemas, chorava o tempo todo e
ameaçava suicidar-se. Então percebi que precisava de uma mulher estável.

Quando tinha 25 encontrei uma mulher bem estável, mas chata. Era
totalmente previsível e nada a excitava. A vida tornou-se tão
monótona, que decidi que precisava de uma mulher excitante.

Aos 28 encontrei uma mulher excitante, mas não consegui acompanhá-la.
Ia de um lado para o outro sem se deter em lugar nenhum. Fazia coisas
impetuosas, que me fez sentir tão miserável como feliz. No começo foi
divertido e eletrizante, mas sem futuro. Então decidi buscar uma
mulher com alguma ambição.

Quando cheguei nos 31, encontrei uma mulher inteligente, ambiciosa e
com os pés no chão. Decidi casar-me com ela. Era tão ambiciosa que
pediu o divórcio e ficou com tudo o que eu tinha.

Hoje, com 40 anos, gosto de mulheres com mamas grandes. E pronto!


Largado por Zoto | Largados Comentaram ( 2 )

                                          

29 de abril

MOMENTO FILOSÓFICO

— Mestre, qual o segredo da longevidade? – pergunta o discípulo ao mestre budista.

O Mestre responde :

— Só comer verduras, dormir cedo e renunciar às bebidas e ao sexo.

— Mestre, assim se terá uma vida longa?

O Mestre responde:

— Não, mas ela vai parecer uma eternidade…!


Largado por Zoto | Largados Comentaram ( 2 )

                                          

18 de abril

Um Presidente de uma determinada empresa, casado há 25 anos, está na maior dúvida se fazer sexo com a mulher, depois de tanto tempo de casamento, é trabalho ou prazer. Na dúvida, ligou pro Diretor Geral e perguntou-lhe o que ele achava.

O Diretor ligou pro Vice-diretor e fez a mesma pergunta. O Vice-diretor ligou pro Gerente Geral e fez a mesma pergunta.

E assim seguiu-se a corrente de ligações até que a pergunta chegou ao Sector Jurídico e o Advogado Chefe perguntou como de praxe, pro Estagiário que estava todo afobado fazendo mil coisas ao mesmo tempo.

– Rapaz, você tem um minuto para responder se quando o Presidente da empresa faz sexo com a mulher dele é trabalho ou prazer???

– É prazer, Doutor!!! – Respondeu o Estagiário prontamente e com segurança.

– Bom? Como é que você pode responder isso com tanta segurança e certeza?

– É que… Se fosse trabalho, já tinham mr mandado fazer!!!


Largado por Zoto | 1 largado comentou

                                          

16 de abril

“Exmo Sr Ministro Alexandre de Moraes, Permita-me o uso desse meio para uma formalização, haja vista estar fora do Brasil. Diante de mentiras e ataques e da nota ora divulgada pela PGR que encaminho abaixo, requeiro a V. Exa., autorizando transformar em termo esta mensagem, a devida apuração das mentiras recém divulgadas por pessoas e sites ignóbeis que querem atingir as instituições brasileiras.”.

Dias Toffoli ordenando seu subalterno, Alexandre de Moraes.

Leia mais

Largado por Zoto | Largados Comentaram ( 32 )

                                          

9 de abril

O sujeito tirou férias e foi para o Alasca caçar ursos brancos. Depois de vários dias de tocaia, ele conseguiu abater um urso enorme.
Quando se aproximou da sua caça, sentiu um tapinha nas costas, era um outro urso, que balançava a cabeça em sinal de desaprovação.


— Você não deveria ter feito isso – disse o urso. Você matou um dos meus semelhantes. Agora você vai ter que pagar caro. Pode escolher: ou você morre ou dá pra mim!


É evidente que o caçador preferiu ficar vivo.

Passou o ano inteiro jurando vingança e nas próximas férias voltou para o Alasca. Ficou duas semanas procurando o urso que o tinha estuprado e assim que conseguiu mata-lo, sentiu novamente o tapinha nas costas.


— Você não deveria ter feito isso.


Inconformado de como os ursos brancos podem ser tão parecidos, ele abaixou as calças e passou por toda aquela humilhação novamente.


No ano seguinte, prometendo que não se enganaria, voltou ao Alasca, desta feita com a certeza de que realizaria a sua vingança. Assim que avistou um urso, passou fogo e sentiu o mesmo tapinha nas costas… era o seu velho conhecido, que lhe perguntou:


— Fala a verdade pra mim, você não vem aqui pra caçar, né?


Largado por Zoto | Largados Comentaram ( 4 )

                                          

8 de abril

A secretaria nota que o chefe esta com a braguilha aberta e toda sem jeito tenta lhe dar a noticia:
– Doutor… o senhor esqueceu a porta da sua garagem aberta!
Ele fechou rapidamente a braguilha e disse com voz carregada de malícia:
– Por acaso a senhora viu a minha Ferrari Vermelha?
– Não senhor! Tudo o que vi foi um Volkswagem desbotado e com os dois pneus dianteiros totalmente murchos!


Largado por Zoto | 1 largado comentou

                                          

7 de abril

Um pastor cuidava das suas ovelhas, quando avistou no horizonte um possante Jeep vindo em sua direção.
Ao chegar perto do pastor o Jeep parou. Desce um homem que, sem mais nem menos, pergunta ao pastor:
– Se eu lhe disser quantas ovelhas existem aqui você me daria uma?
O pastor humildemente acenou que sim;
Rapidamente o homem sacou seu “lap-top” e num instante respondeu:
– Trezentos e trinta e cinco.
O pastor sem nada falar lhe deu a ovelha e indagou:
– Se eu adivinhar sua profissão posso ter a ovelha de volta?
– Sim, respondeu o homem.
– O senhor e CONSULTOR!
Estupefato o homem devolve a ovelha ao pastor, mas não sem antes perguntar a este como adivinhou.
– O senhor chegou aqui sem ser chamado, se meteu no meu negócio, me disse o que eu já sabia e ainda cobrou por isso!,


Largado por Zoto | 1 largado comentou

                                          

6 de abril

Num seminário promovido pelo Movimento Feminista, uma americana faz o seu discurso:
– Na semana passada eu cheguei em casa e fui logo falando ao John que a partir daquele momento ele cuidaria da casa, cortaria a grama e faria o jantar. No primeiro dia, não vi nada. No segundo, não vi nada. Mas, no terceiro, a grama estava cortadinha e, a casa, um brinco.
Após longos aplausos, uma alemã também resolveu fazer o seu depoimento:
– Na semana passada eu cheguei em casa e disse ao Hans que a partir daquele momento ele compraria a cerveja e cozinharia o seu próprio chucrute. No primeiro dia, não vi nada, no segundo, também não, mas, no terceiro, a cerveja estava geladinha sobre a mesa, ao lado do chucrute, que por sinal estava uma delícia!
Mais aplausos pela vitória feminista. Então foi a vez da brasileira:
– Na semana passada, eu cheguei para o Jorjão e disse que ele teria de lavar a roupa, limpar o banheiro e fazer as compras. No primeiro dia, não vi nada. No segundo, também não vi nada. Foi só no terceiro dia que meu olho começou a desinchar e conssegui ver alguma coisa.


Largado por Zoto | Largados Comentaram ( 2 )

                                          

5 de abril

O sujeito chegou no trabalho todo desanimado, se arrastando, nitidamente estressado.
Como ele era um bom funcionário, o chefe o chamou em um canto e o aconselhou:
– Porque você não faz como eu?! Quanto estou assim, vou para casa, tomo uma boa ducha, dou uma bela trepada com a minha mulher e logo estou me sentindo um outro homem.
O sujeito saiu, disposto a seguir o conselho do chefe.
Voltou no final da tarde todo animado.
– E ai, deu certo? – perguntou o chefe.
– Se deu! Estou totalmente refeito! A sua mulher é fantástica!


Largado por Zoto | Largados Comentaram ( 2 )

                                          

1 de abril

Um tipo, de nome Zé, vai ao Instituto de Medicina Legal para reconhecer o corpo do companheiro falecido.

Quando lá chega, o funcionário pergunta:

O senhor conhece alguma característica marcante do seu amigo, para que possa ser reconhecido?

Claro que sim! Ele era gago e canhoto!


Largado por Zoto | Largados Comentaram ( 2 )