29 de dezembro

Largado por Zoto | largados comentaram ( 6 ) | Visualizações: 107


6 respostas para “TRIBUNA LIVRE”

  1. Jacomino Pires disse:

    Até um dos sete anões era Feliz.

  2. Anonimo disse:

    Como diria Magnólio.
    M.T. se rebola todo para torturar o libido acanhado de seu
    affair Adamastor, o Damo.

  3. Chibinho disse:

    Com desejo em jogar no Brasil, Honda que foi um dia o japonês bom de bola da Roma se despede melancolicamente do clube da estrela solitária machucado, desiludido ,levando consigo os seus sonhos e deixando o time numa posição nada confortável no campeonato brasileiro.

  4. joía disse:

    QUEM nunca teve uma cueca pierre chardin que atire a primeira pedra, mesmo que fosse made in chaine.
    Pois o senhor da moda se foi mais sua cueca permanece.

  5. zoto disse:

    Pois não é que Jacobino tem razão?
    Feliz ano novo, amigo!

    Falar em anão…

    “Investigações apontam que Guerreiro em conluio com Anão, garçom do Bar do Pedro, se uniram para fazer assaltos na cidade.

    Conta uma testemunha que avistou um cara grandão (Guerreiro) ao lado do respectivo anão, para colocando-o num banquinho para alcançar o mictório no banheiro público.
    A testemunha, também querendo mijar, abre a calça e o anão olha para o lado:
    – Pô, cara, que saco lindo você tem!
    – Qual é, anão, você é viado?
    – Não, senhor, sou pequeno, mas sou casado, este cara aqui é só meu amigo.
    – Então qual é a sua?
    – É que nunca vi um saco tão lindo quanto o seu. Posso dar uma pegadinha?
    – Está louco? Quer apanhar, nanico?
    – Olha seu tamanho, seria covardia. Desculpe, é que é realmente extraordinário o seu saco. É de verdade? Me deixa dar uma pegadinha, só para que eu possa acreditar.
    E assim, sem saída o cara, constrangido, diz:
    – Vai aí, anão, pega logo pra parar de encher.
    O anão então põe a mão numa bola, a outra na outra bola e diz:
    – Ai, grandão, isto é um assalto, me dá todo o seu dinheiro, senão eu pulo do banquinho !!!”
    dezembro 8th, 2016 at 10:23

  6. Anonimo disse:

    Pior que o anão.
    Não era um anão comum.
    Era o famoso anão do caralho grande.
    E o grandalhão também não era desconhecido, era o Flamenguista Jozélio.
    E pelo que o Magnólio contou, deste encontro saiu um namoro
    que se estendeu até , pelo que se sabe, por parte do Tio Jozo, eterno.

Largue aqui