10 de novembro

Um homem está caminhando pela calçada e chama um táxi que vai passando.

Entra no táxi, e o motorista diz: “Sincronia perfeita. Você é como o Almeidinha.”

Passageiro: “Quem?”

Motorista: “Carlos Almeida… ele era um taxista que fazia tudo certo o tempo todo.

Assim como agora, você precisando de um táxi e eu estar passando por aqui.

Ele estava sempre no lugar certo, no momento certo. Coisas assim aconteciam com Almeidinha o tempo todo.”

Passageiro: “Ninguém acerta tudo o tempo todo.”

Motorista: “O Almeidinha, sim. Ele era um atleta incrível. Podia ter vencido o Grand Slam no tênis. Podia jogar golfe com os profissionais. Cantava como um barítono de ópera, e dançava como um mestre. E você deveria vê-lo tocando piano! Ele era admirável, perfeito sob todos os aspectos.”

Passageiro: “Bem… parece que ele era mesmo alguém especial.”

Motorista: “Tem mais. Ele tinha a memória de um computador e podia lembrar-se do aniversário de todo o mundo. Sabia tudo sobre vinhos, quais pratos pedir, com quais talheres comer, e ele podia consertar qualquer coisa. Não como eu. Eu troco um fusível e a rua toda fica no escuro.

Mas Carlos Almeida nunca cometeu um erro, ele era perfeito!”

Passageiro: “Uau, que cara incrível , mesmo.”

Motorista: “Ele sempre sabia a maneira mais rápida de dirigir no trânsito e evitar engarrafamentos. Não como eu, que sempre fico preso neles. Mas o Almeidinha jamais errou, e ele sabia realmente como tratar bem uma mulher. Ele era o melhor amante, levava sua mulher às alturas. Jamais retrucava, mesmo que ela estivesse errada. Suas roupas estavam sempre imaculadas e seus sapatos brilhando. Ele era o homem perfeito! Jamais cometeu um engano. Ninguém se compara ao Almeidinha.”

Passageiro: “Esse Almeidinha era realmente fora de série. Como você o conheceu?”

Motorista: “Bem… na verdade, eu nunca conheci o Almeidinha. 

Ele morreu e eu casei com a viúva.”


Largado por Zoto | 1 largado comentou | Visualizações: 50


Uma resposta para “É VELHA, MAS É BOA”

  1. Anônimo disse:

    eita taxista fdp.
    A viúva azucrinando a vida do taxista. com comparações.

Deixe um comentário

*