4 de fevereiro

Moraes manda “CNN”, “Veja” e “GNews” quebrarem sigilo da fonte.

Ministro do STF quer conteúdo completo de entrevistas concedidas por Marcos do Val;

Que menino curioso! Entrevistas são protegidas por dispositivo constitucional do sigilo da fonte…

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal e presidente do Tribunal Superior Eleitoral, decidiu nesta 6ª feira (3.fev.2023), que as emissoras de notícias via cabo CNN Brasil e GloboNews e a revista Veja entreguem o conteúdo completo gravado das entrevistas que fizeram com o senador Marcos do Val. A determinação também foi imposta à empresa Meta, a big tech que é proprietária das redes sociais Facebook e Instagram. No caso do Instagram, a ordem é para que “encaminhe aos autos” o “inteiro teor da live realizada pelo senador Marcos do Val em seu perfil no Instagram (@marcosdoval…

Leia mais no texto original: (https://www.poder360.com.br/midia/moraes-manda-cnn-veja-e-gnews-quebrarem-sigilo-da-fonte/)
© 2023 Todos os direitos são reservados ao Poder360, conforme a Lei nº 9.610/98. A publicação, redistribuição, transmissão e reescrita sem autorização prévia são proibidas.


Largado por Zoto | largados comentaram ( 5 ) | Visualizações: 407


5 respostas para “FRASE DO DIA”

  1. Z🎃TO disse:

    Moraes diz agora que só quer o que foi publicado Ministro do STF alega que em seu 2º despacho fala em entrevistas “publicizadas”, mas texto é ambíguo e exige de “Veja” “o inteiro teor dos áudios” e de “CNN” e “GloboNews” a “íntegra de quaisquer entrevistas”…

  2. Augusto disse:

    O Brasil acaba com os ministro podres do STF, o a podridão do STF acaba com o Brasil.

  3. Jão disse:

    Se a Globe reclamar é fascista, se protestar é anti-democrática!

  4. Anõnimo disse:

    Jão , essa não é a tua praia, a tua praia é dar uma n.5 de presente de aniversário pro zé quÃNTICO.

  5. Não sou adEvogado disse:

    Nesse caso a fonte não é sigilosa… Tem nome, CPF e ele mesmo divulgou que tinha dado a entrevista bombástica. O sigilo da fonte não seria para evitar a exposição pública de alguém que não queria se expor aos holofotes? É uma dúvida que tenho.

Deixe um comentário

*