5 de dezembro

**


Largado por Zoto | largados comentaram ( 12 ) | Visualizações: 86


12 respostas para “TRIBUNA LIVRE”

  1. Anonimo disse:

    Bão dia o’ minhas cem pombas
    cem pombas, seremos nós
    com outras tantas como nós.
    e q quarta parte de nós
    contigo gavião, cem pombas seremos nós.

  2. Anonimo disse:

    Cidadezinha no Maranhão com menos de cem mil habitantes com cem milhões no B.B, era ou não um convite a ser assaltada.
    No começo nem divulgaram o valor que tinha sido roubado.

  3. Anonimo disse:

    Duvido que o Flamengo venda o Arão para o SPFC, já levou o Everton
    e com isso tirou o título de lá.

  4. Máximo Tortura disse:

    E como os ladrão sabiam?

  5. Cumpadi Tarugo disse:

    Galo vai comprar um navio cargueiro,
    pois a barca não vai caber tanta gente.

  6. Máximo Tortura disse:

    Conta uma sobre o Sufista e seu comportamento em alta temporada.

  7. Anonimo disse:

    Zotyo do alto do segundo andar observa a rua e os meliantes.
    Deslumbra um japonês que desembaiona a chibata e se põe a mijar num poste, ali tudo poste.
    Zotyo observa e exclama: que pauzão.
    Zotyo não mais que de repente em desabada correria desce até o de tokyo.
    Muito teretetê Zotyo convence o nissey a chegar até ao seus aposentos.
    -Deixa eu ver isso aí. Desapontado Zotyo insiste. Cadê aquele tabação que tu mijava no poste.
    –Ah fala disso aqui o Japona mostra um canudo. É para não olhar calça.
    Zotyo dá um amasso no do sol nascente e uma camisa dudalina .

  8. Anonimo disse:

    Esse é o nosso segredo, nada de contar pro Risadinha , Zé da Rosca
    e M.T.

  9. Anonimo disse:

    O cachorro do carrefur.
    Incomodado com presença do vira-lata, foi expedido uma ordem para retirada do cachorro preto e branco, inofensivo e que não perturbava ninguém.
    Um guarda véio pelo que consta no vídeo, numa manobra amadora parece que passou um cordão no pescoço do animal, o que mais chamou atenção
    foi o sangue espalhado pelo chão e pela manifestação na internet o cachorro veio a morrer.
    Muita gente culpa o supermercado e a delegacia de proteção ao animal
    abriu inquérito.
    Adivinha se o véio não vai dançar.

  10. Anonimo disse:

    Olhando o título é seu, lembrou-me do Rei da Polícia Montada.
    Acho que são capítulos pequenos de 20 min, não é do tempo de ninguém, mais se vier eu vejo.

  11. Anonimo disse:

    Flamengo entra em busca do reconhecimento de ter sido campeão de 1987.
    Mesmo com coisa julgada, tem coisas que a olhos vistos não pode ser apagada.
    Todos que vivenciaram aqueles momentos lindos do futebol não pode
    deixar passar em branco.
    Seria uma injustiça manifesta e perene.
    O Flamengo não busca reparo, busca o reconhecimento tardio mais verdadeiro.
    O Flamengo não quer o direito de disputar como campeão a libertadores, não é isso, o indicado foi o Sport, nem quer ser campeão moral, quer sim, que seja reconhecido como campeão daquele
    ano que a Justiça Desportiva o reconheceu e a CBF acatando decisão
    da justiça de Pernambuco o extirpou.
    Pede que seja reconhecido , pelo menos, com o vencedor do módulo amarelo, naquele jogos inesquecíveis.
    Paerticiparam do Módulo Verde- séria A de hoje.
    1 Atlético Mineiro
    2 Grêmio
    3 Palmeiras
    4 Botafogo
    5 Bahia –
    6 Flamengo
    7 Santa Cruz –
    8 Corinthians

    1 Internacional
    2 Fluminense
    3 Cruzeiro
    4 Vasco da Gama
    5 Goiás
    6 São Paulo
    7 Coritiba
    8 Santos –

    Olhando aí se percebe que sobrou pouco time de ponta para o outro modulo.

  12. Anonimo disse:

    Ah, mais a lei não prejudicará os direitos adquiridos,o ato jurídico perfeito e a coisa julgada.
    Não se trata de lei retroativa, trata-se do direito moderno que está
    reconhecendo decisões estapafúrdias ou não.
    Basta ver as decisões reconhecendo direitos a quem cumpriu penas e depois de dezenas de anos foi reconhecido inocente.
    Por isso até Lula busca incansavelmente que seja reconhecida a sua inocência , que nada tem a ver com a decisão do Flamengo. ,

Largue aqui