2 de fevereiro

Um casal vivia numa vivenda localizada num empreendimento com várias outras vivendas geminadas, onde os jardins eram contíguos uns aos outros… 
Esse casal, que passarei a tratar por casal “Silva” tinha um pequeno cachorro de uma raça inofensiva (rotweiler!) sendo que um dos seus vizinhos directos (que passarei a tratar por casal “Mendes”) tinha um outro cãozinho mais pequenino (caniche). 
Um belo dia, estava a Srª. Silva a cuidar do jardim quando aparece o seu rotweiler todo contente a abanar a cauda, com uma “coisa” branca na boca. Quando a Srª. Silva olhou bem, reparou que o seu rottweiler tinha na boca, o pobre caniche da vizinha, cheio de terra por todos os lados, e já sem vida. 
Receando ter problemas de vizinhança, a inteligente Srª. Silva resolveu a situação da seguinte forma: pegou no caniche, deu-lhe uma grande banhoca, e foi colocá-lo no jardim da vizinha, dentro da sua casotinha. 

Passado cerca de duas semanas, o Sr. Silva (entretanto a par de toda a situação) encontrou o Sr. Mendes… 
– Então, está tudo bem?? 

– Não pá.. Não está nada bem.. A minha mulher está com uma depressão.. e eu próprio também não estou muito bem… 

– Então?? 

– Epa… Lembras-te do “pitufo”?? 

– Sim…. 

– Epa… o bichinho morreu há uns dias… 

– Ehhhh… Tão chato… Uma pessoa habitua-se aos bichos e depois é um problema.. 

– Epa não é só isso… É que o bichinho morreu, nós enterrámo-lo e passados dois dias ele apareceu outra vez na casota, todo lavadinho e tudo…


Largado por Zoto | largados comentaram ( 2 ) | Visualizações: 110


2 respostas para “É VELHA, Ô PÁ, MAS É BOA”

  1. Anonimo disse:

    Boa e possível.

  2. Anonimo disse:

    Vivia numa vivenda. Também boa.

Largue aqui