30 de junho

Largado por Zoto | largados comentaram ( 7 ) | Visualizações: 90


7 respostas para “TRIBUNA LIVRE”

  1. Jóia disse:

    B.B. canta pela manhã:
    Quando eu digo que deixei de te amar
    É porque eu te amo
    Quando eu digo que não quero mais você
    É porque eu te quero
    Eu tenho medo de te dar meu coração
    E confessar que eu estou em tuas mãos
    Mas não posso imaginar

  2. Jóia disse:

    Não sei como a Globo mantém nos sábados – o zorra total- com uma turma de humoristas e roteiristas sem graça, não se consegue rir nem de fachada.
    Eu ainda espero o programa na esperança que alguma coisa mude, mas está difícil.

  3. Jóia disse:

    Ontem por exemplo- vi um pouquinho da novela que antecede ao citado programa acima, vi quase o final, um cara de cuequinha preta com o pau mole dando um trato- acho que na moça que o Zoto postou mais abaixo, numa langerie sensual que se o B.B.
    visse, por certo quebraria o encanto.

  4. Jóia disse:

    A Tartaruga – Crônica de Rubem Braga

    Moradores de Copacabana, comprai vossos peixes na Peixaria Bolívar, Rua Bolívar, 70, de propriedade do Sr. Francisco Mandarino. Porque eis que ele é um homem de bem.

    O caso foi que lhe mandaram uma tartaruga de cerca de cento e cinqüenta quilos, dois metros e (dizem) duzentos anos, a qual ele expôs em sua peixaria durante três dias e não quis vender; e levou até a praia, e a soltou no mar.

    Havia um poeta dormindo dentro do comerciante, e ele reverenciou a vida e a liberdade na imagem de uma tartaruga.

    Nunca mateis a tartaruga.

    Uma vez, na casa de meu pai, nós matamos uma tartaruga. Era uma grande, velha tartaruga-do-mar que um compadre pescador nos mandara para Cachoeiro.

    Juntam-se homens para matar uma tartaruga, e ela resiste horas. Cortam-lhe a cabeça, ela continua a bater as nadadeiras. Arrancam-lhe o coração, ele continua a pulsar. A vida entranhada nos seus tecidos com uma teimosia que inspira respeito e medo. Um pedaço de carne cortado, jogado ao chão, treme sozinho, de súbito. Sua agonia é horrível e insistente como um pesadelo.

    De repente os homens para e se entreolham, com o vago sentimento de estar cometendo um crime.

    Moradores de Copacabana, comprai vossos peixes na Peixaria Bolívar, de Francisco Mandarino, porque nele, em um momento belo de sua vida vulgar, o poeta venceu o comerciante. Porque ele não matou a tartaruga.

  5. Jóia disse:

    Você amigo leitor, já viu uma tartaruga, pois é, eu já vi,
    não cágado, tartaruga mesmo.
    É bicho raro, por isso faz bem o projeto TAMAR,
    uma dessas tartarugas comuns, grande até,eu a vi na praia sendo carneada, uma lástima,apura-se dois nacos de carne vermelha pequena em cada asa, o resto é toda oca por dentro.
    Não vale a pena, é preferível preservá-la.

  6. Carlos Augusto disse:

    Bom dia
    Boa tarde
    Boa noite

    Pro ano todo… Pra década toda… Pra eternidade toda….

    Pra quem mais?

    Esqueci.

    Todo dia essa mesma msg no tal do whatsapp……

  7. a disse:

    Porque o Brasil deve 5 trilhões no mercado, é o que diz Bolsonaro, logo as famosas reservas nacionais mal chega a um trilhão de reais,a mesma meta que eles querem chegar em economia em 10 anos vindouros .
    Logo, tanto faz reforma da previdência como qual tipo de reforma nada vai melhorar.
    Porque o governo pega dinheiro caro para rolar essa dívida
    e foi fazer um tipo de sequestro compulsório na poupança do
    povo brasileiro pagando A ela um juro tão irrisório que chega a ser preferível ficar com ele debaixo do colchão.
    O que pode ser feito.
    Não gastar mais do que recebe.is
    Diminuir os ministérios, diminuir as bancadas,diminuir certos tribunais e máquinas públicas e outras medidas econômicas que sejam razoáveis.

Largue aqui