11 de julho

Largado por Zoto | largados comentaram ( 7 ) | Visualizações: 68


7 respostas para “TRIBUNA LIVRE”

  1. Anônimo disse:

    Futebol meio fuleiro, pouco a pouco vão entrando nos eixos.

  2. Anônimo disse:

    Como dizia, o nosso amigo Zoto, não tendo a cabeça do índio , não é Araribóia.

  3. Anônimo disse:

    M.T. na barbearia.
    Barbeiro com a navalha no gorgomilo sugere ou indaga:
    então, é o garanhão que anda querendo, comer a minha mulher…
    -Eu, tá doido, sou o maior viadão, tenho até macho.Pode perguntar pro B.B.
    B.B. que ia passando , tirou o dele da reta e disse, eu não sei de nada.

  4. Gato Pardo disse:

    E o Eike hem, venderam seu maserati, ficará ele miserati.

  5. Gato Pardo disse:

    Tinha um tempo que no atestado de pobreza emitido pela delegacia
    constava assim: atestado de miserabilidade.

  6. Anônimo disse:

    Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu.
    Como não sou judeu, não me incomodei.
    No dia seguinte, vieram e levaram
    meu outro vizinho que era comunista.
    Como não sou comunista, não me incomodei.
    No terceiro dia vieram
    e levaram meu vizinho católico.
    Como não sou católico, não me incomodei.
    Depois levaram a minha Maria, dai me preocupei.
    No quarto dia, vieram e me levaram;
    já não havia mais ninguém para reclamar…

  7. anônimo disse:

    Poema de Sete Faces

    Quando nasci, um anjo torto
    desses que vivem na sombra
    disse: Vai, Carlos! ser gauche na vida.

    As casas espiam os homens
    que correm atrás de mulheres.
    A tarde talvez fosse azul,
    não houvesse tantos desejos.

    O bonde passa cheio de pernas:
    pernas brancas pretas amarelas.
    Para que tanta perna, meu Deus, pergunta meu coração.
    Porém meus olhos
    não perguntam nada.

    O homem atrás do bigode
    é sério, simples e forte.
    Quase não conversa.
    Tem poucos, raros amigos
    o homem atrás dos óculos e do bigode.

    Meu Deus, por que me abandonaste
    se sabias que eu não era Deus
    se sabias que eu era fraco.

    Mundo mundo vasto mundo,
    se eu me chamasse Raimundo
    seria uma rima, não seria uma solução.
    Mundo mundo vasto mundo,
    mais vasto é meu coração.

    Eu não devia te dizer
    mas essa lua
    mas esse conhaque
    botam a gente comovido como o diabo.
    C.D. DE ANDRADE.

Largue aqui